Portal Sistema Firjan
menu

O Sistema FIRJAN atua de forma pioneira ao promover ações para a integração da criatividade e da inovação na indústria fluminense, seguindo o mesmo caminho do mercado internacional. Se antes os profissionais criativos eram vistos como exclusivos de empresas essencialmente criativas, como agências de publicidade ou escritórios de design, hoje eles estão inseridos em todos os segmentos da indústria por sua capacidade estratégica de incorporar competitividade a produtos e serviços.

A criatividade e a inovação exercem papel transformador no sistema produtivo, sendo indispensáveis para criar bens e serviços diferenciados. A indústria criativa contempla atividades produtivas que têm como processo principal um ato criativo com potencial de gerar valor de mercado, resultando em produção de riqueza cultural e econômica.

Por entender o seu potencial competitivo, o Sistema FIRJAN investe há mais de dez anos na Indústria Criativa fluminense, impulsionando a produtividade e a transformação da indústria fluminense. 

O Programa Indústria Criativa

O Programa Indústria Criativa tem como principal objetivo potencializar as competências criativas em todos os segmentos da indústria, estimulando o surgimento de novas oportunidades de negócio, além de oferecer representatividade empresarial, educação profissional e tecnologia para diversos setores criativos.

O Programa atua no desenvolvimento das indústrias do estado por meio de fóruns empresariais e da articulação de uma rede que inclui universidades, agências de fomento, governo e iniciativa privada. Internacionalmente, o Programa Indústria Criativa do Sistema FIRJAN é referência para países e organizações internacionais.

Com base nas necessidades e oportunidades identificadas no contexto econômico, o Programa atua no sentido de desenvolver competências inovadoras, de modo a criar um ambiente favorável aos negócios.  

Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil

Precursora no mapeamento da Indústria Criativa no Brasil, o Sistema FIRJAN lançou em 2008 um estudo inédito, com atualização a cada dois anos, que avalia o impacto da economia criativa no país, com informações sobre a quantidade de postos de trabalho e remuneração das profissões criativas brasileiras. A quinta edição do estudo

“O Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil”  revelou que oito em cada dez profissionais criativos do país já atuam em atividades que não são fundamentalmente criativas, sendo que 23% trabalham na Indústria de Transformação.

Diante dos ciclos de inovação mundial cada vez mais acelerados, a adequação da indústria brasileira aos novos caminhos da economia é urgente. Primeiro país a incluir formalmente em sua plataforma de governo um programa de políticas públicas voltado à promoção da economia criativa, a Inglaterra adotou em 1997 medidas que foram seguidas quase que simultaneamente por países como Austrália, Nova Zelândia e Holanda.  E, posteriormente, pelos Estados Unidos, França, Itália, Espanha.

Mapeamento da Indústria Criativa.

 

Linha do Tempo da Indústria Criativa no Sistema FIRJAN

 

Fórum Empresarial da Moda e do Audiovisual: gerou a contrução de uma agenda em prol do desenvolvimento desses setores. 2006 Rio Criativo: o Sistema FIRJAN organizou o primeiro evento com grande relevância no tema no Brasil, trazendo referências internacionais e promovendo o debate sobre a Indústria Criativa.

Estudo da Cadeia da Indústria Criativa no Brasil: a publicação deixou clara a importância das indústrias criativas além das trocas comerciais.
2012 Início do Programa Indústria Criativa 2014      
2001 Mapa do Desenvolvimento: Empresários fluminenses reconheceram a importância da Indústria Criativa para o desenvolvimento fluminense. 2008 Mapa da Indústria Criativa: trouxe novos indicadores estratégicos e se tornou referência na orientação de políticas nacionais. 2013 Atualização do Mapeamento da Indústria Criativa:celebrou os dez anos da Indústria Criativa no Brasil, trazendo uma análise quanto à evolução da Indústria Criativa brasileira na década que se passou.  
Obras da Casa Firjan, incluindo a restauração do Palacete Linneo de Paula Machado, de 1906, em Botafogo. 2016
Nocaute: Evento com foco no papel da criatividade e da inovação na indústria. 
2018    
2015
Obras da Casa Firjan: incluindo a restauração do Palacete Linneo de Paula Machado, de 1906, em Botafogo.
2017 Cola: lançamento do evento que conta com atuação em rede de empresários, empreendedores, universitários, pesquisadores e trabalhadores.

Ágora: série de encontros sobre como desafios políticos e sociais afetam a indústria.
     
 
 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida